Notícias

05/08/2022 07:00

Economia feirense gerou mais de 4 mil novos postos de trabalho no primeiro semestre

De acordo com as informações levantadas no Novo CAGED o saldo de emprego formal em Feira de Santana encerra o primeiro semestre de 2022 mantendo o resultado positivo, em linha com o movimento observado nacionalmente. O total de trabalhadores admitidos superou o de desligados pelo décimo quinto mês consecutivo. Em junho de 2022 foram realizados 3.970 admissões e 3.400 desligamentos, resultando em um saldo de 570 novos postos de trabalho. No acumulado de janeiro até junho, 4.388 novos postos de trabalho foram gerados.

A despeito deste bom momento para o mercado de trabalho local, a equipe do Programa Conhecendo a Economia Feirense  da Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs) ressalta que o contexto atual, marcado por mudanças importantes a nível nacional e internacional, tais como o rápido aumento da taxa básica de juros no Brasil (para combater a inflação) e a perspectiva de um menor crescimento econômico global, sugerem uma visão cautelosa de médio prazo, pois estas mudanças no cenário macroeconômico podem ser fortes o suficiente para modificar o bom comportamento do mercado de trabalho local que temos observado nos últimos meses. 


Confira AQUI o boletim completo.

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.