Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

Sections
Ferramentas Pessoais
Você está aqui: Página Inicial Ensino Graduação Cursos Medicina

Medicina

A Medicina é a área do conhecimento humano ligada à manutenção e restauração da saúde. Ela é, num sentido amplo, a ciência da prática da prevenção e da cura das doenças humanas. É a área de atuação do profissional formado em uma faculdade de medicina.

Cabe ao médico diagnosticar doenças no paciente, bem como apresentar as soluções, assistindo-o, junto dos outros profissionais, ao longo do tratamento.

Segundo a Organização Mundial da Saúde, saúde não é apenas a ausência de doença. É muito mais do que isso, é o completo bem estar social e econômico do indivíduo.

A Medicina tem dois aspectos: é uma área de conhecimento (isto é, uma ciência) e é uma área de aplicação desse conhecimento (as profissões médicas). Podemos considerar duas grandes areas na prática profissional, a medicina (trata da doenças dos seres humanos) e a veterinária (que trata das doenças das outras espécies de animais), dentro da medicina humana, podemos destacar a odontologia. A Medicina baseada em evidências é uma tentativa de ligar esses dois aspectos (ciência e prática) através do uso do método científico, buscando através de técnicas e pesquisas científicas o melhor tratamento para um determinado paciente.

Às vezes, pode ser difícil distinguir entre ciência e profissão em Medicina. Os vários ramos especializados da Medicina são estudados por ciências básicas especializadas e por correspondentes profissões médicas, igualmente especializadas, que lidam com órgãos, sistemas organicos e suas doenças. As ciências básicas da medicina frequentemente são as mesmas de outras áreas da ciência como a biologia, a física, a ciência veterinária e a química.

Ciências médicas e profissões médicas

A Medicina tem dois aspectos: é uma área de conhecimento (isto é, uma ciência) e é uma área de aplicação desse conhecimento (as profissões médicas). Podemos considerar duas grandes areas na prática profissional, a medicina (trata da doenças dos seres humanos) e a veterinária (que trata das doenças das outras espécies de animais), dentro da medicina humana, podemos destacar a odontologia. A Medicina baseada em evidências é uma tentativa de ligar esses dois aspectos (ciência e prática) através do uso do método científico, buscando através de técnicas e pesquisas científicas o melhor tratamento para um determinado paciente.

Às vezes, pode ser difícil distinguir entre ciência e profissão em Medicina. Os vários ramos especializados da Medicina são estudados por ciências básicas especializadas e por correspondentes profissões médicas, igualmente especializadas, que lidam com órgãos, sistemas organicos e suas doenças. As ciências básicas da medicina frequentemente são as mesmas de outras áreas da ciência como a biologia, a física, a ciência veterinária e a química.

O médico, quando nos últimos anos da Faculdade de Medicina, realiza internato hospitalar em clínica médica, cirurgia geral, pediatria e ginecologia e obstetrícia. Em algumas faculdades já foi introduzido também o 5º internato obrigatório, em Medicina de Família e Comunidade. Para ser um especialista, deve realizar uma residência médica ou prestar um concurso junto a associação médica da especialidade, que é reconhecido pela Associação Médica Brasileira e homologado pelo Conselho Federal de Medicina (CFM), sem o qual ele é apenas médico, sem especialidade. A medicina têm muitas especializações possíveis e algumas subespecializações. No Brasil elas são regulamentadas em Resolução expedida pelo Conselho Federal de Medicina (CFM). (veja abaixo). Existem várias áreas ligadas à saúde : odontologia, psicologia.enfermagem (o cuidado com o paciente doente), farmácia, terapia da fala e da linguagem, fisioterapia , terapia ocupacional, nutrição, protética e bioengenharia.

Fonte: Wikipedia.org