Notícias

29/07/2020 12:00

Esclarecimento aos docentes, discentes e servidores técnicos-adminsitrativos do DSAU

Prezados,

Quanto ao oficio assinado pelo Secretario de Saúde que está circulando nas redes sociais sobre o retorno as atividades de estágios, práticas e internatos, vimos esclarecer que:

1.    No dia 02 de junho fomos convidados pela Escola Estadual de Saúde Publica (que regula as atividades de estágios, praticas e internato da rede estadual) que teve como Objetivo: Fazer uma escuta dos representantes das IES da rede sobre as perspectivas e planejamento das atividades de práticas e estágios que estão suspensos devido à pandemia, com vistas a fazer um diagnóstico da situação atual e um planejamento do retorno dos estágios junto à SUPERH e ao COE. Saímos da reunião com os seguintes encaminhamentos:

a)   O retorno, quando acontecer, será feito em construção com as IES;

b)   A ESPBA fará a minuta do protocolo de reinserção de estudantes: EPI (se tem disponível ou não, quem arcará com a compra), vagas de práticas e outras coisas para retorno e esta será debatida com as IES;

c)   Consultar se a infeção por Covid pode ser incluída nos seguros saúde;

d)    Levantamento das vagas e espaços de práticas na pandemia, buscando identificar novos cenários de prática;

e)   Universidades devem pensar em alternativas de prática e estágios (teleatendimento – limite: só abarca estudantes de medicina, etc);

f)      A ESPBA encaminhará proposta de retorno para o COE.

Ficou agendada nova reunião que aconteceu dia 06 de julho para discussão do Plano de retomada dos estágios obrigatórios nos estabelecimentos de saúde da Rede SESAB, quando da redução das medidas restritivas adotadas pelo Governo do Estado da Bahia por conta da Pandemia do COVID-19. Nesta reunião não ficou estabelecido os protocolos de retomada das atividades, tampouco sobre as deliberações da reunião ocorrida no dia 02/06/2020.

Entretanto, recebemos uma comunicação por email no dia 17 de julho de 2020 com o seguinte teor:

1) temos previsão de retorno dos estágios em muito breve (data ainda não definida) e precisamos revisar os convênios e planos de trabalho de modo a agilizar o processo de tramitação do convênio e, consequentemente, a entrada dos estudantes em campo no período da liberação;

 

2) para a atualização dos convênios e planos de trabalho, faz-se necessário informar em quais meses os semestres de 2020.1 e 2020.2 ocorrerão, de acordo com o calendário acadêmico da IES. Exemplo: Os estágios de 2020.1 compreenderão os meses de julho a outubro e 2020.2 ocorrerá de novembro/2020 a fevereiro de 2021. Esse dado será importante também para definir a vigência do convênio das IES com a SESAB;

 

3) Necessitamos que nos confirmem se as vagas adquiridas no SGEO serão mantidas e, caso haja desistências, favor preencher a tabela reenviada, em anexo, pois a partir dessa informação iremos revisar os cálculos de horas utilizadas (aluno x hora).

 

Lembramos que o prazo para resposta é até hoje, dia 17/07/20, às 14h00.

 

Quanto a este email gostaríamos de esclarecer que para as vagas dos semestres de 2020.1 e 2020.2 a UEFS concorreu em 2019 a dois editais 2019.1 e 2019.2 com todas as vagas solicitadas contempladas e/ou negociadas. Essas vagas seriam utilizadas pelos semestres regulares, ou seja, alunos matriculados nos semestres de 2020.1 e 2020.2 (até final de dezembro de 2020). Em decorrência da Pandemia e das medidas adotadas pela UEFS em março de 2020, não iniciamos o semestre de 2020.1.

Sendo assim, não teríamos como nos mantermos nas vagas adquiridas sem o planejamento de retorno as atividades presenciais. EXCETO para o curso de Medicina que se encontra no ano de 2020, com matricula e atividade regular dentro do ano curricular. Diante desse cenário, em reunião realizada entre os coordenadores de colegiado e de estágios e a Gestora Institucional Junto ao SGEO (Serviço de Gerenciamento de Estágios Obrigatórios) decidimos que os cursos de Enfermagem, Odontologia, Farmácia e Psicologia estariam desistindo das vagas referente aos editais 01 e 02 de 2019, solicitamos e informamos que temos interesse em concorrer a novo edital para 2021.

Quanto as vagas do Curso de MEDICINA, NÃO HOUVE DESISTÊNCIA inclusive pedimos a manutenção das vagas dos referidos editais ate fevereiro de 2021.

Informamos ainda que diante das decisões tomadas a Comissão de Biossegurança do Curso junto com o Colegiado do Curso de Medicina se debruçam na elaboração de Planos de retorno as atividades de forma segura para discentes e docentes.

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.