Notícias

30/07/2019 09:00

Projeto da Uefs divulga custo da cesta básica de Feira de Santana

Conhecendo a Economia Feirense: o Custo da Cesta Básica” é um projeto desenvolvido pela Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS), através do Departamento de Ciências Sociais (DCIS), e a Superintendência de Estudos Econômicos Sociais (SEI) vinculada à Secretaria de Planejamento do Estado da Bahia.

Começou a ser estruturado em 2018, e tem como objetivo levantar, sistematizar e divulgar os preços da cesta básica na cidade. Em 2019, foram desenvolvidas as atividades concernentes ao processo de coleta de preços, imputação e sistematização de dados, análise e elaboração de boletim e divulgação. Nos meses de abril e maio, foram realizados levantamentos experimentais com o objetivo de testar o fluxo processual de coleta, de imputação e sistematização dos dados.

A construção da série de dados iniciou-se, de fato, com os preços coletados em junho de 2019. A coleta mensal é realizada em cerca de 50 estabelecimentos comerciais do tipo supermercados, padarias, açougues e feiras. A cesta básica inclui 12 produtos que compõem a alimentação básica do trabalhador: arroz, feijão, farinha, legume, fruta, óleo, café, leite, açúcar, pão e manteiga.

No último dia 24, houve uma reunião para avaliação do projeto contando com a participação do supervisor  da Pesquisa do Índice de Preços ao Consumidor e Cesta Básica da SEI, Denilson Lima Santos. Segundo ele, a entidade apoia o projeto através da disponibilização de metodologia e cooperação técnica para auxiliar no desenvolvimento da pesquisa. "Vamos começar a informar a população de Feira de Santana sobre a variação de preço de itens de alto consumo, essencialmente para pessoas com baixa renda. Para a cidade, que tem mais de 600 mil habitantes, isso é relevante", afirmou o supervisor.

Márcia Pedreira, coordenadora do projeto de extensão, o define como de suma importância por oferecer retorno para a comunidade externa e interna da Universidade. "Estamos começando o projeto, as primeiras coletas experimentais foram realizadas após a seleção dos estabelecimentos. Haverá retorno para a sociedade, além de geração de banco de dados que futuramente poderá constituir como fonte de trabalho dos alunos",

Participam do projeto os professores Adelaide Motta de Lima, Antônio Rosevaldo Ferreira da Silva, Cleiton Silva de Jesus e Paulo Nazareno Alves Almeida, todos do DCIS; a técnica do SEI Tânia Borges; e estudantes do curso de Ciências Econômicas.

Veja o Boletim da Cesta Básica de Junho


Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.